05/02/2018

RuPaul's Drag Race All Stars 3 - RUVIEW "Divas Lip Sync Live"


    Oi amiras, como vocês estão? Hoje trago pra vocês mais uma RUVIEW de RuPaul's Drag Race All Stars 3! O segundo episódio foi ao ar nesta quinta e MEU SENHOR JESUS, O QUE FOI ISSO?

    Lembrando que vocês podem encontrar o episódio na página RuPaul's Brasil (que eu ajudei a legendar, inclusive) e, todas as sextas, o dia seguinte à exibição do episódio, teremos RuViews lá no canal do Lunática no YouTube

    AH, spoilers a frente! Não leia caso não tenha assistido e não queira assistir sabendo de tudo.
    Dessa vez, o episódio teve início logo após a eliminação de Morgan, e DeLa parecia bem abalada pela decisão que tomou. Não estou dizendo que se fosse Chi Chi ela se sentiria melhor, mas ela tava bem abalada MESMO. Daí, Aja foi perguntada sobre quem eliminaria e a resposta foi rápida e rasteira: Chi Chi. A queen citada pareceu bem irritada com essa declaração, mas eu achei que Aja foi sincera e seus motivos compreensíveis.

    No dia seguinte, elas ainda comentavam sobre o desafio anterior e Milk disse que adorou tudo, mas Chi Chi mais uma vez foi a voz do povo e disse que achou que Milk não mostrou muito talento e deveria estar no bottom. A música que ela usou na apresentação era original, mas colar roupas de velcro no corpo não é exatamente um talento, como Trixie apontou. Milk, no entanto, estava bem certa de que fez uma apresentação perfeita e de que sua música faria muito sucesso. Aham, tá.

    Um novo desafio foi passado às queens: em uma versão lipsync do programa Divas VH1, elas interpretariam grandes nomes femininos da música em uma homenagem à RuPaul. A divisão de papeis ficou dessa forma:
  • Aja - Amy Winehouse
  • Bebe Zahara Benet - Diana Ross
  • BenDeLaCreme - Julie Andrews
  • Chi Chi DeVayne - Patti LaBelle
  • Kennedy Davenport - Janet Jackson
  • Milk - Celine Dion
  • Shangela - Mariah Carey
  • Thorgy Thor - Stevie Nicks
  • Trixie Mattel - Dolly Parton
    As queens receberam divas que tinham algo em comum com elas, mas acredito que as que mais se beneficiaram dos papeis recebidos foram Trixie, DeLa e Bebe. A primeira e a última por já incorporarem maneirismos das cantoras em suas drag personas, e a terceira por ter uma estética mais vintage e comédia. Thorgy também deveria ter um benefício como elas, já que é muito fã de Stevie, mas mais uma vez sua insegurança atacou e ela, antes mesmo do ensaio, estava dizendo que iria perder.

    O ensaio foi engraçado e triste ao mesmo tempo. Shangela incorporou a diva para entrar no personagem desde o começo e levou críticas pesadas de Milk, que fazia o mesmo, mas não por interpretar Celine. Isso criou uma atmosfera divertida e irritante. Divertida porque, né, é a Shangela. Irritante porque a Milk tá dando intolerância à lactose em todo mundo.

    A parte triste foi ver Thorgy não conseguir evoluir sua personagem. Parece que ela estava tão certa de que ia perder que sequer conseguiu desenvolver uma forma de ser fiel à Stevie e ainda assim se destacar no meio de personagens conhecidas e fortes como Diana e Mariah. Uma pena.

     Enquanto se preparavam para o desafio, as queens começaram a conversar sobre coisas que repararam em si mesmas em suas primeiras aparições, como por exemplo a resting bitch face da Kennedy. E Trixie disse que acha que foi mostrada como uma queen sem talento. Eu discordo. Acho que ela não soube se vender no show, mas evoluiu tanto que isso não deveria ser problema pra ela agora.

    Agora sobre o desafio e a runway de rudemption... Bem, detalhes no vídeo do YouTube! Beijos e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião!